ENSINO

Matriz Curricular - Curso de Direito

Manual do Aluno de Graduação - 2018.1

Oferta de Disciplinas Semipresenciais 2018.1

Estágios

Monitorias

Teste Simulado OAB - 17/03/2018 - 14h

Teste de Progresso - 19/05/2018 - 14h

Teste de Progresso

Breve histórico

Originalmente, o Teste do Progresso (TP) foi introduzido nos cursos de Medicina na década de 1970 pela Kansas City Medical School da Universidade de Missouri (EUA) e pela então University of Limburg, hoje Universidade de Maastricht (Holanda). Desde então, várias outras escolas de Medicina passaram a utilizar esse método de avaliação de forma isolada ou em associação colaborativa. O TP é um teste longo (com no mínimo 100 questões), sendo constituído por questões de múltipla escolha baseadas na avaliação das diversas áreas de conhecimento, compreendidas na Matriz Curricular do curso no qual o teste foi implantado.

O TP tem como objetivo principal, o diagnóstico evolutivo do estudante ao longo de todo o curso, possibilitando a autoavaliação contínua e permitindo ajustes pedagógicos do processo ensino-aprendizagem, bem como a adequação da sistemática de avaliação. Vale ressaltar que o TP é uma poderosa ferramenta de gestão acadêmica. A partir dele é possível detectar fragilidades no processo de ensino de forma precoce, identificando fatores que podem atrapalhar a progressão do estudante, e otimizando os resultados acadêmicos.

Inicialmente, o TP era utilizado para avaliar a progressão dos estudantes de medicina, entretando, atualmente o TP é amplamente utilizado como ferramenta de diagnóstico em diversos cursos, sendo o aspecto somativo da avaliação um fator secundário do processo de aplicação do TP.

Nesta modalidade de avaliação, as questões de múltipla escolha apresentam um novo significado, sendo estruturadas, contextualizadas e vinculadas aos objetivos de aprendizagem a partir de uma Matriz de Referência, contemplando descritores que abrangem todo o curso. O TP visa proporcionar ao estudante um feedback sobre seu desempenho à medida que vai progredindo de uma série para outra.

Embora tenha sido concebido para os cursos de Medicina, o TP pode ser usado também em outros cursos, da área da saúde ou não, graças a sua lógica de construção e aplicação.

1) O que é o Teste de Progresso?

O Teste de Progresso (TP) é uma avaliação longitudinal do desenvolvimento cognitivo dos estudantes, aplicado durante o curso de graduação. Nesta avaliação são verificadas habilidades cognitivas, diferentemente das avaliações psicomotoras e atitudinais. No TP são avaliados conhecimentos que deverão ser adquiridos durante o curso, dessa forma é possível verificar a progressão de conteúdos em função do desempenho do estudante no decorrer do curso. Os estudantes que participam do TP recebem o escore de seu desempenho e do desempenho médio da sua série, podendo compará-los e realizar sua autoavaliação. Além disso, a cada série que avança no curso, o estudante poderá verificar o ganho percentual de acertos que obteve.

2) Quem está apto a realizá-lo?

O Teste de Progresso pode ser aplicado a todos os estudantes regularmente matriculados, desde os calouros do 1º semestre até os estudantes do último semestre do curso.

3) Quando e com que frequência será aplicado o Teste de Progresso?

O TP pode ser aplicado semestralmente ou anualmente no meio ou no final do semestre letivo.

4) Como é composto o Teste de Progresso?

Trata-se de uma única avaliação de aprendizagem, composta por 100 questões de múltipla escolha, com conteúdo abrangente ministrado por todas as disciplinas do curso de graduação em Direito. Todas as questões são contextualizadas com casos relacionados a prática do direito. O teste solicita do estudante os objetivos de aprendizagem mínimos exigidos na formação do profissional.

5) Qual é o objetivo básico do Teste de Progresso?

O Teste de Progresso tem por objetivo básico avaliar o desempenho cognitivo dos estudantes durante o curso, assim como aspectos do próprio curso de graduação.

O conteúdo do exame não está ligado a nenhum modelo de curso específico e, portanto, avalia os objetivos finais do currículo como um todo. O conteúdo de todos os tópicos do curso vai sendo continuadamente revisado, pois não se entende essa metodologia sem uma devolutiva consistente (feedback), na qual seja possível corrigir as falhas apresentadas durante o processo formativo. Os estudantes são incentivados a adotar um estilo de aprendizado longitudinal autodirigido e entendem que até o final de sua formação os conhecimentos elaborados deverão estar consolidados para o bom exercício da profissão.

6) Para que servem os resultados do Teste de Progresso?

A análise dos resultados do Teste de Progresso permite que se faça uma avaliação, em conjunto com outras ferramentas avaliativas, da relação entre conteúdo programático e a estrutura curricular do curso e também do grau de desenvolvimento dos estudantes ao longo do curso. O estudante poderá realizar sua autoavaliação, traçar metas individualizadas e melhorar seu desempenho acadêmico a partir dos resultados dos testes.

7) Por quê participar do Teste de Progresso?

Existem várias razões para participar do TP, entre elas podemos destacar:

- A realização sequencial do Teste de Progresso permite que o estudante verifique a evolução de seu desempenho cognitivo nas diferentes áreas e fases do curso, é uma avaliação formativa que possibilita a identificação de potenciais dificuldades e incentiva a busca de correção.

- A avaliação dos resultados permite que a Coordenação de Graduação e os membros do Núcleo Docente Estruturante (NDE) do curso avaliem, em associação com outras ferramentas, as áreas em que os estudantes estão apresentando maiores dificuldades, na busca de correção e aprimoramento dos processos de ensino-aprendizagem de forma global e por áreas específicas.

- A análise dos resultados do Teste de Progresso permite que sejam tomadas decisões e que se implementem ações na busca de melhorias contínuas tanto em nível do estudante, individualmente, como em nível do curso de graduação, de uma forma mais global. 

- Uma outra vantagem da realização do Teste de Progresso é permitir treinamento na realização de avaliações, com vistas à realização futura de processos seletivos e avaliativos, como o exame da OAB.

 

- Adicionalmente, o processamento e a análise dos resultados obtidos permitirá que a Coordenação de Graduação e os membros do NDE do curso construam curvas de desempenho cognitivo que auxiliarão na identificação das fragilidades e potencialidades dos estudantes nas diversas áreas de conhecimento e nas diferentes fases do curso. Estas informações em adição a outras advindas de variadas ferramentas avaliativas possibilitarão, em seu conjunto, o desencadeamento de ações com objetivo de aperfeiçoar a matriz curricular, o currículo, as estratégias de ensino-aprendizagem e os métodos pedagógicos adotados.

8) Como são divulgados os resultados do TP?

Os resultados individuais do Teste de Progresso não serão divulgados de forma pública, cada estudante receberá individualmente os seus resultados. O estudante terá acesso ao resultado do seu Teste de Progresso e da evolução de seus resultados (progresso) ao longo dos próximos anos. Os resultados gerais devem ser analisados continuamente pela equipe pedagógica da IES.

O cálculo da nota é ponderado de acordo com a média de cada turma, assim não há prejuízo na composição da nota do estudante, mesmo com a abordagem de conteúdos eventualmente não vistos.

O Teste de Progresso é uma conquista da Fesp Faculdades. Informe-se sobre ele! Converse com seus colegas e professores! Divulgue-o! Ele é bom para você! É bom para o nosso curso! É bom para todos! Faça-o com dedicação e colabore para seu aprimoramento pessoal e para o nosso curso de graduação em Direito!

PROJETOS PARCEIROS

  • Facebook da Fesp Faculdades
  • Instagram da Fesp Faculdades