top of page

FESP participa do projeto Educação pela Saúde com mais 13 IES para estimular doação de sangue.

Neste mês em que é comemorado o “Dia Nacional de Doação de Sangue”, cujo marco se dá no dia 14/06, o Setor Educacional da Paraíba se une em favor da vida.


O projeto “EDUCAÇÃO PELA SAÚDE” é uma mobilização interinstitucional promovida pelas instituições de ensino superior da Paraíba em parceria com o Hemocentro, com o objetivo de estimular a doação de sangue, lançado, na quarta-feira (09/06/2021), tendo sua primeira ação nas redes sociais. A finalidade da iniciativa é orientar, estimular e promover ações visando à ampliação da quantidade de doadores para reforçar os estoques de sangue em todo o estado.


A iniciativa teve início com o projeto de extensão UFPB pela Vida, lançado no mês de maio com a sensibilização da comunidade acadêmica sobre a doação de sangue e deslocamento de doadores até as unidades do Hemocentro. Agora, nesta fase, 14 instituições de ensino superior de toda a Paraíba estão realizando ações conjuntas para a doação de sangue, tais como gincanas e ações de promoção buscando o engajamento e o aumento da participação nesta ação solidária em favor da vida.

A Paraíba possui hemonúcleos espalhados pelo Estado, nos municípios de Guarabira, Patos, Sousa, Cajazeiras, Piancó, Itaporanga e Catolé do Rocha, além de Hemocentros em João Pessoa e Campina Grande.

Coordenadora do projeto na UFPB, a Vice-reitora Liana Filgueira destacou a relevância de conscientizar as pessoas sobre a necessidade de doação de sangue, explicando como surgiu a ideia.

“É um projeto grandioso, visionário, que partiu do Prof. Valdiney Gouveia, Reitor da UFPB. O intuito é ampliar para todo o estado da Paraíba a campanha de doação de sangue que a UFPB vem executando há cerca de um mês. É importante, principalmente, nesse momento da pandemia da Covid-19, em que a necessidade aumenta devido às pessoas terem mais dificuldades de saírem de casa e mesmo pela falta de estímulo e de conhecimento, o que acabou acarretando uma redução drástica no banco de sangue do Hemocentro”, explicou a Profa. Liana Filgueira. Segundo ela, o envolvimento das universidades com a causa possibilitará o engajamento das comunidades acadêmicas e o transporte dos doadores para os locais de coleta de sangue.

O Reitor Valdiney Gouveia disse que a educação está empenhada para colaborar com a saúde e aposta no total sucesso do projeto.

“Trata-se de um projeto único na Paraíba, nunca antes 14 universidades ou faculdades estiveram reunidas em torno de um projeto comum, e este projeto é precisamente o Educação pela Saúde. Nós, profissionais da educação – terceirizados, professores, técnicos administrativos e também os nossos estudantes – estamos empenhados em auxiliar o Hemocentro nessa necessidade de suprir os nossos bancos de sangue. Nós devemos isso à população, que sempre tem nos apoiado, e é uma contrapartida, é o nosso papel público, de uma universidade pública, atender ao público, promover qualidade, saúde para a nossa população”, afirmou o Prof. Valdiney Gouveia.

Saiba quais são as universidades que participam do projeto:


João Pessoa:

UFPB UEPB UNIESP FESP Faculdades

UNIPÊ UNINASSAU Faculdade Três Marias

FPB


Campina Grande:

FIP UFCG

Unifacisa


Patos:

UNIFIP


Cajazeiras: FaculdadeSantaMaria

Guarabira:

EESAP




Alterações realizadas pela FESP.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page